Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

25/03/2019

Você tem Medo ou Vergonha de Falar Sobre Sexo e Sexualidade?

Quais as possíveis causas do medo ou vergonha de falar sobre sexo e sexualidade? Como vencer essas barreiras?

 
Você tem Medo ou Vergonha de Falar Sobre Sexo e Sexualidade?
 
Em algum momento, na história de qualquer civilização, o sexo e a sexualidade já foram interpretados de maneira positiva ou negativa, dependendo da cultura disseminada em determinada sociedade. Já foram enaltecidos e depreciados, foram ou são vistos como empreendimento, como culto a determinados deuses, como purificação, como ato sujo, como tabu e como felicidade. São assuntos com uma infinidade tão grande de nuances que, nem mesmo os melhores estudos e teses de Historiadores, Filósofos e Antropólogos, poderiam explicar, com perfeição, quando surgiram e quais os motivos do medo ou vergonha de falar sobre sexo e sexualidade. Porém, uma coisa é certa: um dos motivos é a importância que se dá à opinião e ao julgamento do outro. E você não está sozinha. Uma pesquisa feita em 2015, pela Unifesp e Bayer mostra que 60% das entrevistadas compartilham desse problema (Ver pesquisa).
 
Infográfico: Pesquisa revela que 60% das entrevistadas têm medo de falar sobre sexo
 

Pontos a serem analisados sobre o sexo e sexualidade:

  • Arriscaria dizer que 99% da sociedade atual concorda que sexo não tem mais o único objetivo de procriação;
  • Fazer sexo não é fazer amor;
  • Sexo com amor é bem melhor do que sexo sem sentimento;
  • As pessoas que fazem sexo com regularidade são mais felizes;
  • Preferências e experiências sexuais são sentidas de formas diferentes pelas pessoas. Ex.: Sexo oral – tem gente que não gosta;
  • Não estar afim de fazer sexo, mas transar somente para agradar a outra pessoa é prejudicial ao casal. Vale lembrar que “Não é Não”;
  • Falar sobre sexo e sexualidade é importante, mas a galera que está na fila do banco não precisa saber da sua vida. É um assunto que se compartilha com quem conhecemos e confiamos;
  • Podemos entender mais sobre este assunto, trocando experiências com amigas ou, até mesmo, com nosso companheiro.
 
Provavelmente você concordou com quase toda a lista acima. Claro que poderíamos estende-la, mas o que é realmente importante neste texto, é lembrar que somos seres únicos, com experiências e genética totalmente distintas e, podemos melhorar nossa qualidade de vida, através do autoconhecimento e da troca de experiências. Falar sobre o sexo e a sexualidade é saudável. Vença o medo. Escolha 1 ou 2 pessoas de confiança para iniciar essa troca de experiências. Não tenha receio do julgamento. Afinal, existe alguém que seja mais importante do que você e a sua felicidade?
 
Ah! Quero te indicar dois vídeos da nossa seção Livros e DVD’s . Eles são ótimos para você entender um pouco mais sobre o sexo e a sexualidade: